Paróquia Nossa Senhora
da Conceição

Costa da Caparica

170513095019_francisco-e-jacinta-marto

Canonização de Francisco e Jacinta

Francisco e Jacinta Marto já são santos.Um momento que foi vivido com intensidade pelos milhares de peregrinos que estavam no Santuário de Fátima.

 O milagre que originou a Canonização

A história remonta o ano de 2013. Chama-se Lucas o menino brasileiro, de agora nove anos, que foi salvo por milagre dos pastorinhos Francisco e Jacinta e que estve no meio da multidão, como anónimo, para assistir à canonização dos seus salvadores e assistir à eucaristia do Papa Francisco, em Fátima. Na quinta-feira, dia 11, os pais de Lucas, João Baptista e Lucília Yurie, entraram de mãos dadas na sala de imprensa para contar a história da cura do filho. Com a emoção à flor da pele, o progenitor do jovem começa por descrever os dias que jamais esquecerão: “No dia 3 de Março de 2013, por voltas das 20:00, o nosso filho estava a brincar com a sua irmãzinha e caiu de uma janela de uma altura aproximada de seis metros e meio. Tinha cinco anos. Bateu com a cabeça no chão e fez um traumatismo craniano grave, com perda de tecido cerebral no lóbulo frontal esquerdo.” Lucas foi assistido na sua própria cidade, em Juranda, no Brasil, mas dada a gravidade da sua situação, teve que ser transferido para um hospital de maior dimensão. O percurso demorou cerca de uma hora e o estado agravou-se. “Chegou em coma, teve duas paragens cardíacas enquanto era anestesiado para a cirurgia e foi operado de urgência”, conta. Os médicos não esconderam as escassas possibilidade da criança de apenas cinco anos não sobreviver e foi a fé que fez João e Lucília lutarem pela vida do filho: “Começámos a rezar a Jesus e a Nossa Senhora de Fátima a quem temos muita devoção.”Os dias passavam e as probabilidades de Lucas não resistir ou de “ter uma recuperação muito demorada ou ficar com graves deficiências cognitivas ou em estado vegetativo”. No dia 7, quatro dias depois do acidente, os pais do menino pediram pela segunda vez ajuda ao Convento das Carmelitas de Campo Mourão. “A irmã transmitiu o recado a toda a comunidade e correu para as relíquias dos beatos Francisco e Jacinta e sentiu um impulso no coração e disse: Pastorinhos, salvem o menino que é uma criança como vocês.” Toda a família começou a rezar pelos Pastorinhos e dia 9 deu-se o milagres: “O Lucas foi desentubado e acordou bem lúcido. No dia 11, saiu da UTI e no dia 15 teve alta sem nenhum sintoma ou sequela. Os médicos dizem não ter explicação para esta recuperação”, acabou por dizer o pai. Este milagre foi reconhecido pelo Vaticano, e está na base da canonização dos dois pastorinhos portugueses. “A criança, hoje adolescente, mas cuja identidade é mantida sob reserva, bem como os pormenores da cura que se terá dado em apenas três dias e após alegadamente o pai da criança ter invocado o nome dos dois pastorinhos, vai também estar presente na eucaristia, durante a qual o Papa Francisco vai canonizar os dois videntes”, avançou uma fonte do Santuário.