Paróquia Nossa Senhora
da Conceição

Costa da Caparica

161215052159_celebracao-penitencial_ii

Celebração Penitêncial, Advento

O Pai manifestou a sua misericórdia ao reconciliar o mundo consigo em Cristo, estabelecendo a paz, pelo sangue da sua cruz, com todas as criaturas que há na terra e nos céus.O Filho de Deus, feito homem, viveu entre os homens, para os libertar da escravidão do pecado e os chamar das trevas para a sua luz admirável. Foi por isso que deu início à sua missão na terra proclamando a penitência, ao dizer: «Arrependei-vos e acreditai no Evangelho» (Mc 1, 15). Este convite à penitência, que já fora, muitas vezes, anunciado pelos profetas, preparou o coração dos homens para a vinda do Reino de Deus pela voz de João Baptista, que veio «proclamar um baptismo de penitência para remissão dos pecados» (Mc 1, 4). Jesus, porém, não só exortou os homens à penitência para que abandonassem os pecados e se convertessem de todo o coração ao Senhor, mas também acolheu os pecadores e os reconciliou com o Pai. Além disso, curou os enfermos para mostrar um sinal do seu 1 Cf. 2 Cor 5, 18 s; Col 1, 20. 2 Cf. Jo 8, 34-36. 3 Cf. 1 Pe 2, 9. 4 Cf. Lc 15. 5 Lc 5, 20. 27-32; 7, 48. CELEBRAÇÃO DA PENITÊNCIA poder de perdoar os pecados.Finalmente, Ele próprio morreu pelos nossos pecados e ressuscitou para nossa justificação. Por isso, na noite em que Se entregava, ao iniciar a paixão que nos salvou, instituiu o sacrifício da Nova Aliança no seu Sangue para remissão dos pecados, e, depois da sua ressurreição, enviou o Espírito Santo sobre os Apóstolos, para que eles tivessem o poder de perdoar ou reter os pecados, e recebessem a missão de pregar, em seu nome, a penitência e a remissão dos pecados a todas as nações. Obedecendo ao mandamento do Senhor, Pedro, a quem o Senhor dissera: «Dar-te-ei as chaves do reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos Céus e tudo o que desligares na terra será desligado nos Céus» (Mt 16, 19), no dia de Pentecostes proclamou a remissão dos pecados por meio do Baptismo: «Convertei-vos e peça cada um de vós o Baptismo em nome de Jesus Cristo, para vos serem perdoados os pecados» (Act 2, 38).Desde então nunca mais a Igreja deixou de chamar os homens do pecado à conversão e de manifestar, pela celebração da penitência, a vitória de Cristo sobre o pecado.  

Esta vitória sobre o pecado brilha, antes de mais, no Baptismo, pelo qual o homem velho é crucificado com Cristo, para que seja destruído o corpo do pecado e não mais sejamos escravos dele, mas, ressuscitando com Cristo, vivamos doravante para Deus.Por isso, a Igreja professa a sua fé «num só Baptismo para remissão dos pecados».

No sacrifício da Missa torna-se presente a paixão de Cristo, e o Corpo entregue por nós e o Sangue derramado para remissão dos pecados de novo são oferecidos a Deus pela Igreja para salvação de todo o mundo. Com efeito, na Eucaristia, Cristo está presente e é oferecido como «sacrifício de reconciliação» e para que nós, pelo seu Espírito Santo, «sejamos reunidos num só corpo».Ainda mais, o nosso Salvador Jesus Cristo, ao dar aos Apóstolos e aos seus sucessores o poder de perdoar os pecados, instituiu na sua Igreja o sacramento da Penitência, para que os fiéis que, depois do Baptismo, caíram no pecado se reconciliem com Deus, pela renovação da graça.A Igreja tem, de facto, «a água e as lágrimas: a água do baptismo, as lágrimas da penitência».

«Há muitas pessoas – e, em grande número, jovens – que estão a aproximar-se do sacramento da Reconciliação e que frequentemente, nesta experiência, reencontram o caminho para voltar ao Senhor, viver um momento de intensa oração e redescobrir o sentido da sua vida. Com convicção, ponhamos novamente no centro o sacramento da Reconciliação, porque permite tocar sensivelmente a grandeza da misericórdia. Será, para cada penitente, fonte de verdadeira paz interior.»

Papa Francisco, Bula Misericordiae vultus, n.º 17.
 
 

Horário da Celebração Penitêncial: 

Dia 15 de Dezembro às 21H30m, na Igreja Matriz. 

Abretura às 16H00,

com exposição do Santíssimo Scramento da Eucaristia e

e celebração da Eucaristia às 18H30m.

Encerramento às 23H00

_____________________________________________________

 

Preparação do Natal: – Igreja Matriz (Velha)

 Durante a semana de 19 a 23 de Dezembro   

Segunda a Sexta-feira:  

16h30 –  Adoração ao Santíssimo e Sacramento da Penitência

18h00 – Vésperas

  18h30 – Eucaristia